Relações vs Amor

0

As pessoas possuem um grande mal quando se fala em relacionamentos, principalmente em não saber distinguir as coisas.
Nem sempre uma atenção que outra dá, significa que é amor. Que um sorriso, um carinho, uma ligação ou conversar com você o dia todo por um comunicador ou Rede Social, que ela já está te amando.
Muitas vezes é apenas o que é. E não amor.
Sair para rir, para se descontrair e até mesmo um sexo, não significa amor. É apenas isso, sair e sexo.
O homem e a mulher atual se tornaram tão dependentes emocionais, que acham que o “fazer sexo”, significa que ela ou ele “me amam”.
O amor é mais do que isso tudo. E isso tudo junto. E mesmo assim as pessoas podem ter carinho, dar atenção e serem sinceras com outras sem precisar amar. Isso acontece constantemente entre pais e filhos, amigos de longa data que jogam bola nos finais de semana, entre amigas que ficam horas e horas conversando e dando atenção a outra quando precisam e um professor na escola com os seus alunos. E até mesmo um estranho na rua.
E não é por isso que virou amor.
A falta de sinceridade em relação aos seus próprios sentimentos cria uma ansiedade de “será que vou machucar” ou “será que serei machucado”?

  • Se estou dando atenção, significa que amo aquela pessoa?
  • Se ela me dá tanto carinho, é por que me ama?

Não!
É apenas isso mesmo. Atenção! Carinho! Pronto, mais nada.
A humanidade precisa parar de confundir as coisas. Na hora que receber ou querer dar algo, dê e receba! Seja sincero consigo sobre quem é.
Se quer dar uma saída por aí que envolva apenas o prazer do corpo, com um sexo, que seja! Não ache que a partir de agora precisa virar uma relação de amor.
A sinceridade é tudo. A invenção de relações, que é o maior pecado da humanidade.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *