Você se importa? Eu me importo!

0

Alguns sofrem nas relações porque precisam que a outra saiba que ela existe. Durante o namoro falamos o que fazemos, onde estivemos, ou seja, passamos todas as informações sobre a nossa vida. Gostamos que ela saiba o que fizemos e também queremos saber o que ela fez.
Isso é uma maneira de conhecer mais.
O problema é quando apenas um dos lados fala sobre o que si. E aos poucos a pessoa vai deixando de responder com a mesma empolgação. Sabemos que o fim está ali, perto, mas mesmo assim, não é um “querer”, é um “desejar” que ela saiba que existimos.
Existe a necessidade de desejar que a outra pessoa se importe! Porque durante a relação, nos importamos com a pessoa querida e gostamos que ela se importe com a gente.
E muitos finais de relacionamento, mesmo que terminem na amizade ou no foi bom e lembrarei para o resto da vida de você, não aplaca o sentimento de que não existe mais alguém que se importe conosco. Dói.
Qualquer um sabe que a única pessoa que deve se importar consigo mesma, é você. Mas aí morre os valores de se importar com outras.
Os seres humanos deveriam se importar mais. Na amizade, no amor, seja no que for, deveriam se importar.
E aquelas que se importam com outras, são as que mais sofrem quando enviam uma mensagem e aparece visualizada e a outra não responde. Quando curte tantas coisas no facebook de outra, e nem ao menos uma visita recebe.
Que liga e até visita uma pessoa doente, mas na hora do agradecimento, ela nem mesmo é lembrada.
A pessoa que se importa, não se importa com louros de vitória. Mas ela gostaria que pelo menos, você se importasse um pouco mais.
Quem se importa, “sabe a dor que traz no coração”.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *