Quando deixei de sentir

0

Não sei quando exatamente isso aconteceu. Quando foi que os sentimentos de preocupação com as pessoas deixaram de existir.
Acho que foi quando parei de falar.
Morar em mundo em que as pessoas querem sua atenção, sua preocupação e que se importem com elas, não é algo muito fácil. Principalmente quando elas não aceitam.
Uma ironia da vida.
Quantas vezes em uma conversa:
– Tenho o péssimo hábito de falar a verdade na cara das pessoas.
Eu acabar respondendo:
– Sem problemas, eu gosto que faça isso.
Para depois escutar comparações com pessoas e personagens que eu não gosto. Porque a resposta dela, não era uma verdade e sim uma ofensa.
O ponto, é que desejamos ser educados de verdade, levantar o astral de alguém, mas elas desejam nosso silêncio. Ou não? Não, porque mesmo se ficarmos em silêncio, elas irão uma hora dizer que não nos importamos.
O mesmo sobre perguntar o que uma pessoa tem, na hora que estamos vendo que ela está ruim e a resposta ser: nada.
Ainda assim, é insistido, porque existe preocupação e porque se importa, para continuar com o: nada.
E depois dói ao ler em uma rede social ou até mesmo da pessoa que ninguém se importa, pois ninguém percebe que ela está ruim.
E assim aos poucos, a gente vai sumindo, deixando de nos importar, de perguntar, porque o que parece, é que as pessoas só querem realmente é ter alguém para jogar suas frustrações. Ou apenas ficarem ali no canto com suas dores, chorando que o mundo só joga suas m@#$das nelas e que ninguém as entende.
Mas quando alguém visa e se importa com elas, preferem ficar ali, longe de tudo e de todas.
Talvez elas tenham sido com eu. Deixado de sentir e se importar. Ou talvez não, porque pessoas que deixam de sentir, deixam de existir.
São lembrada em algum ponto do tempo como: “onde está mesmo aquela….”, mas o pensamento é perdido com outras coisas.
Mas também existem aquelas que aceitam que nos importemos com elas. E estas nos trazem de volta.
Portanto, quando for responder algo a alguém, não bata a porta na cara dela. Porque você pode machucar uma pessoa que realmente se importou com você.
E quantas realmente se importam?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *