Crítica | Annabelle 3: De volta para casa

0

Annabelle 3: De volta para casa, é o mais recente filme do universo de terror criado pela Warner a partir de Invocação do mal (2013). O longa conta como a boneca finalmente chega nas mãos dos demoniologistas Ed Warren (Patrick Wilson) e Lorraine Warren (Vera Farmiga), e os problemas que vêm junto com a boneca.

Gary Dauberman (Annabelle, IT: A Coisa e A Freira) mais uma vez mostra que sabe dirigir um filme de terror, criando muito bem um clima de tensão em cena, o longa ainda conta com diversos clichês de sustos de filmes de terror, mas diferente de muitas obras do gênero, apresenta uma história que gera uma carga emocional no arco de alguns personagens, causando uma aproximação e empatia com eles. Em especial com Judy Warren (Mckenna Grace), que acaba sendo um dos destaques do filme.

O figurino e cenários novamente são pontos positivos, como já haviam sido em Annabelle (2014) e Annabelle 2: A criação do mal (2017), em que estes elementos nos levaram aos anos 60 e 50 respectivamente, agora nos colocam nos anos 70.

Mas como nem tudo são flores, a trama perde a chance de valorizar alguns personagens que poderiam vir a ter uma história de fundo interessante para o enredo, e acaba não criando uma relação com o espectador, como por exemplo no caso de Mary Ellen (Madison Iseman).

O roteiro possui ainda alguns erros de continuidade, como a asma de Mary Ellen, que é mostrada no inicio mas é deixado de lado na maioria filme, porém este e outros erros de continuidade menores acabam passando despercebidos em meio a tantos sustos, e aflição .

No geral, para os fãs dos dois primeiros filmes da franquia, o terceiro é um prato cheio, e segue a mesma fórmula, um terror com fortes sustos, apesar de ter um foco em tramas de personagens que podem ser consideradas cotidianas em meio a todo o sobrenatural apresentado, e tem diversos momentos de alivio cômico, isso acaba tornando o longa mais leve que os antecessores.

A história ainda explora um pouco mais do cotidiano do casal Warren, e se depender de todos os artefatos, e documentos que foram mostrados na casa do casal, ainda podemos ter muitos derivados deste universo com base nos casos em que atuaram.

Para os mais curiosos, e fãs do casal, o final pode ser considerado golpe baixo, com uma breve homenagem à Lorraine Warren, que faleceu em abril.

Confira o Trailer de Annabelle 3: De volta para casa:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *