Resenha | A Marca do Zorro – Johnston Mcculley

0

O jovem fidalgo Don Diego de la Vega assume a identidade secreta de El Zorro ( a raposa ) para defender o povo explorando pelos soldados espanhóis que dominam a região de San Juan Capistrano, no México. O cavaleiro mascarado enfrenta os homens do Sargento Gonzales e cruza sua espada com o capitão Ramón na disputa pelo coração de bela Lolita Pulido. A marca do Zorro é um clássico da literatura que deu origem a um dos heróis mais famosos de todos os tempos.

Leia também a resenha de Zorro de Isabel Allende

Este mês de agosto Zorro completou 100 anos. Sua história é conhecida por todos os cantos do planeta. Mas uma história visual. O livro que deu origem ao personagem, A Marca do Zorro de Johnston Mcculley, infelizmente não é tão conhecido assim.

A história narrada nas linhas de seu livro são muito mais interessantes do que todas as aventuras contadas no cinema ou na televisão.

Confira nosso especial de 100 anos de Zorro

Johnston Mcculley tem uma escrita rápida e ágil, como seu personagem. Muitas vezes brinca conosco como Zorro. É difícil saber se é Zorro quem escreve e ri de nós ou seu criador. É como se o livro fosse a máscara, enquanto a “pena” que utilizou para escrever, sua espada.

O livro pode ter sido escrito em 1919, ou seja, há exatos 100 anos, mas parece que foi hoje. Seu modo de narrar as aventuras de Zorro e de Dom Diego, além de todos os personagens que fazem parte desta aventura, são muito atuais. Ela não é enfadonha e nem ao menos rebuscada.

De forma alguma. E mesmo já conhecendo toda a história, não ouso soltar uma comparação ou citar algo do livro, pois estragaria com certeza sua experiência.

100 Anos de Zorro | Entrevista com John Gertz (Zorro Productions)

Não tem como – mesmo já conhecendo o universo -, não ficar fascinado com suas aventuras.

Mcculley ainda consegue definir muito bem as sutilizas de quem é Dom Diego e seu alter ego, El Zorro. Seus antagonistas são simples e fáceis de serem decifrados, assim como o objetivo do herói em defender os oprimidos.

E assim deveria ser também no nosso cotidiano. Mas as páginas do livro nos mostram que não é tão simples ser um herói. Se o fosse, ele não precisaria usar uma máscara.

Durante esta jornada relembramos os motivos do que é ser “Cavalheiro”. Que o cavalheirismo morreu dando lugar ao machismo e que a humanidade seguiu por caminhos que a tornaram mais parecidas com quem o herói mascarado luta.

A educação das pessoas parecem morrer durante as décadas que vieram, onde ser gentil virou sinônimo de pessoas que não querem nada com a vida, pois ela deve ser enfrentada com o peito e os punhos.

Este não é o herói traçado por Johnston Mcculley. Ele está além disso tudo e tão perto ao mesmo tempo.

Seus valores são da educação, de como se abrir uma porta para outros passarem primeiro, o respeito pelas pessoas, o cortejo correto e sincero por alguém que se deseja e acima de tudo, que aqueles que oprimem, devem pagar. E que não fazer nada, nos torna tão vilões quanto aqueles que cometem o mal.

A Marca do Zorro é um livro que nos deixa uma Marca de verdade em nossa alma. Sua letra “Z” é cravada em nossos corações ao lembrarmos que mesmo com 100 anos, um herói ainda luta pelo que tanto desejamos nos dias de hoje: a liberdade e a felicidade de se viver.

O livro no Brasil foi lançado pela Panda Books. A edição que recebemos para esta resenha dos 100 anos é bem caprichada. Com uma capa simples e o Z em forma de fogo, já somos mergulhados em uma Califórnia antiga, dos tempos em que ela ainda era pertencente ao México. É como se tivéssemos na frente de uma fogueira e esta labareda saísse para nos contar sua jornada.

O livro ainda possui em seu final uma pequena história de como o livro nasceu e sua trajetória nos cinemas e televisão, além de um contexto histórico de como era a Califórnia durante as aventuras do Zorro, no século XIX.

Esta é sem dúvida alguma uma obra que não pode faltar na coleção dos fãs do herói e daqueles que apreciam uma bela aventura!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *