‘30 Anos Blues’ vence Prêmio do Júri no Festival de Gramado

0

O filme “30 Anos Blues”, de Andradina Azevedo e Dida Andrade, recebeu o Prêmio Especial do Júri na 47ª edição do Festival de Cinema de Gramado. A cerimônia de entrega dos Kikitos aconteceu na noite do último sábado, 24 de agosto, no Palácio dos Festivais, em Gramado (RS).

“A comissão julgadora decidiu atribuir um prêmio especial pelo provocante filme geracional de dois talentos inquietos, por sua musicalidade interna e por sua dialética formal entre liberdade e controle, que explora na cidade de São Paulo uma tradição inaugurada por John Cassavetes e Jonas Mekas por um cinema menos perfeito e mais vivo”, justificou o júri.

Produzido por Mayra Faour Auad, ao lado de Dida e Andradina, “30 Anos Blues” havia recebido um total de seis indicações no festival, nas seguintes categorias: Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Roteiro, Melhor Montagem, Melhor Ator e Melhor Ator Coadjuvante.

O longa retrata os sintomas da síndrome de Peter Pan vivida pelos personagens que chegam à idade adulta. Ambientada em São Paulo, a trama tem seus diretores como protagonistas e traz Carol Melgaço, Julia Ianina, Adriano Toloza, Bruna Yamatogue, Fabio Penna, Juan Manuel Tellategui e Mariana Hein no elenco, além da participação especial da atriz Cláudia Alencar.

A produção é a segunda da dupla formada por Azevedo e Andrade, que levaram o Kikito de melhor direção na edição de 2013 do festival por “A Bruta Flor do Querer” – vencedor ainda do prêmio de melhor fotografia. Os diretores estão entre mais jovens premiados na categoria de melhor direção.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *