10 controversos anúncios Sony PlayStation que você não vai acreditar que foram feitos

0

Lembra quando a Sony era um pouco, estranha? As crianças dos anos 90, hoje já adultos irão tremer e até sorrir com a lembrança de um certo anúncio da garota alienígena do PlayStation, que segundo a empresa era “uma modelo escocesa estranhamente fotografada que retratou ‘vagas’ metáforas sobre o que significava se aplicar a algo”, – aparentemente “Riqueza mental” (achamos que nem a Sony sabia o que era aquilo).

Depois disso, o Playtation 2 continuou a estranheza de propagandas com uma série de anúncios franceses bizarros, antes que a Sony exibisse uma campanha inteira nos cinemas para o Playstation 3, em que vários personagens exagerados tentaram veementemente se relacionar em um hotel surreal.

Em resumo, praticamente tudo o que eles haviam feito anteriormente era tanto sobre jogos – quanto os planos complementares da Warner Bros. para Arkham Knight -, são sobre satisfação do cliente. Caso você pare para pensar, é até algo até ‘justificável’, quando paramos para analisar e vemos que a Sony tinha em mãos tantas franquias impecáveis liderando o mercado e com impacto comercial.

De Metal Gear Solid, Final Fantasy, Uncharted a Bloodborne e tudo o que estava chegando na E3 de 2015, os vídeos comerciais da Sony sempre estiveram na frente e no centro como o motivo definitivo para investir em seu hardware. E eles sempre fizeram isso com o motivo de impactar, pois somente assim seriam lembrados. “Fale mal, mas fale de mim”. Pois agora prepare-se para conferir as obscuras propagandas da Sony para os seus consoles e saiba que será nada bonito!

1. The Pièce De La Résistance

Preste muita atenção nas imagens, porque a primeira vista é uma coisa, mas na verdade é totalmente outra.

A imagem é daquelas que podem impactar a primeira vista. Mas quando você para e faz aquela “cara de intelectual”, irá perceber que não é aquela imagem de orgia que parece ser. O interessante dela é que não importa para qual figura você olha, seus olhos são atraídos para o resto da imagem.

2. Kama Sutra

Bem, Sutra está jogando seu PS2, porque vamos ser sinceros – Tommy Vercetti não iria assumir o Vice City sozinho. E sim, a versão original tinha Kama em toda a sua glória, e achamos que a propaganda deve ter dado certo, pelo menos para os pais comprarem o console, mas não para os filhos… já que o PS2 é um recordista de vendas.

3. Enfermeiras vindas do além e um nazista

Esse anúncio polêmico foi criado sem a aprovação da Sony, pois a agência BBDO Chile o estava usando para entrar em um concurso de publicidade. Ainda assim, isso não impediu as pessoas de perderem a cabeça sobre todas as imagens associadas. Ainda é uma imagem confusa, com um jogador moderno apoiando um soldado nazista; apesar do fato de que o policial em questão, Erwin Rommel, na verdade se recusou a torturar prisioneiros judeus e ajudou em uma conspiração para matar Hitler. Ao que parece a ideia era passar a imagem de ajudar um amigo, mesmo que de linhas inimigas, a enfrentar o chefe final.

4. Quando mataram uma cabra para promover God Of War

Ninguém liga do Mario maltratar algum animal em seu jogo, ou em Metal Gear matar cobras e outros animais para conseguir energia. Só que isso tudo está dentro de um game. Mas nesta propaganda, a Sony cometeu uma grande gafe e trouxe não apenas críticas ao seu anúncio de God of War, onde se mata uma cabra, mas atraiu o ódio para a marca e dando munição para a concorrência bater em cima dos altos valores que custavam o PS3. Um tempo depois, a marca admitiu que foi “algo de mau gosto”.

5. O comercial mais assustador

Em 2007, a Sony divulgou um trailer de apresentação do PlayStation 3 que gerou um incômodo total nas pessoas. Era um boneco de bebê que encara o console e começa ter lapsos quando visualiza a experiência que o console traria para sua vida. O trailer é conhecido como o “comercial mais assustador”.

6. Cheire calcinhas ou jogue o PS2

Em primeiro lugar olhe novamente para a foto e perceba que as calcinhas são os formatos dos símbolos do controle do Playstation. A ideia da Sony era passar algo escuro, depravado e completamente perturbador, ou seja, nada diferente das campanhas anteriores da empresa, principalmente para esta do PS2.

Na imagem a Sony ‘chuta’ a concorrência, onde o rapaz deu um pontapé nos restos do seu PC, optando por algo mais sexy e enebriante que deveria ser o PS2. Infelizmente não foi isso o que aconteceu e as pessoas criticaram por parecer que jogadores se tornam “usuários” dependentes e são todos sujos e tarados.

7. Anúncio religioso

Política e religião não se discute. Principalmente em anúncios. A ideia desta propaganda de 2003, era comparar o sofrimento de Cristo com as dos jogadores que se martirizavam para terminar seus games, como Final Fantasy X. Já deu para perceber que isso não funcionou, ainda mais por Jesus ser crucificado pelos símbolos do PlayStation.

8. PS Vita, um verdadeiro abuso

Embora esse anúncio tenha aparecido apenas em uma série limitada de revistas durante uma convenção de jogos na França, sua implicação de que a funcionalidade de toque duplo do PS Vita era semelhante a uma mulher humana de carne e osso era um pouco equivocada, para dizer o mínimo. Novamente a Sony trouxe o ódio da comunidade, principalmente feminina, porque o slogan se parece como: Trate uma mulher como um console de jogos. Pois é só para isso que elas servem.

9. Os problemas enfrentados pela empresa francesa de publicidade, TBWA

Humor é algo característico de cada cultura. E o humor francês, assim como o alemão são muito diferentes dos brasileiros e EUA. Fazer uma tatuagem com algo nerd é algo muito comum ninguém irá questionar. Mas auto mutilação já passa um pouco dos limites e acabou sendo visto como satanismo.

10. Suícidio

Este anúncio italiano de 2003 tentou transmitir a ideia de que o PS2 mais novo e muito mais barato substituiria todos os seus outros brinquedos – mostrando-os violentamente e emocionalmente cometendo suicídio.

Extra e mais conhecido – Racismo

Vamos lá, você realmente não viu as implicações raciais de uma mulher toda branca segurando uma mulher negra em uma posição dominadora e ameaçadora? A resposta da Sony, mais tarde, foi que eles estavam tentando destacar o “contraste” entre os modelos mais novos e mais antigos, mas depois de uma quantidade esmagadora de negatividade online, a campanha foi cancelada.

Muitas imagens desta lista podem até ser questionadas e colocadas como exageradas. Mas foram as opiniões e fatos da época. Ainda existem muitos outros anúncios da empresa (galeria abaixo) e em 2016, o criador de conteúdos bulbassauro.exe fez um compilado com vários dos comerciais assustadores da Sony. Confira abaixo, após a galeria, o vídeo dublado.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *