Resenha | O Olhar do Falcão

0
O Olhar do Falcão/ Foto por Taigra Brandão

Obra escrita pelo autor nacional Felipe M. Oliveira, O Olhar do Falcão narra a história de Uryyah que acordou no alto de uma torre em um local desértico após ter sido brutalmente espancado por 30 homens. Munido apenas de sua espada com empunhadura de cabeça de falcão, ele optou por voltar à cidadela e descobrir a verdade por trás daquela barbárie. Durante a leitura, muitas são as provações que o personagem Uryyah tem de superar como a fome e a sede. Mas nenhuma das dificuldades que ele passou fez com que ele desistisse.

Uma leitura que flui do começo ao fim. É um texto bem elaborado, com personagens e locais bem descritos e bem construídos e por ser uma produção curtinha, conseguimos ler em duas horas ou até menos. O autor conseguiu unir algo de conhecimento universal e fez disso uma história original que traz ensinamentos importantes para todos que optam por uma leitura breve, porém, um conteúdo profundo.

Características como humildade, espiritualidade, prudência e coragem são muito fortes no nosso personagem principal. No inicio, não entendemos muito bem porque um pai conta toda essa história de inveja entre dois irmãos e no entanto, quando chegamos ao final, é surpreendente a revelação.

Um detalhe muito interessante do livro é a parte “Por dentro do conto” onde o autor fala um pouco sobre o processo de criação da obra e todo seu processo de aprofundamento cultural para descrever os cenários, personagens e suas conexões. Algumas coisas fazem mais sentido depois que tomamos conhecimento de todos os detalhes “íntimos” da obra. Além disso,  a figura mística de um falcão aparece nos momentos mais difíceis de sua jornada contra terríveis provações.

É uma super leitura e que tem muito a agregar com todas as conexões que traz. Por mais que o autor não tenha tido a intenção de fazer da espiritualidade/ religiosidade um ponto quase que “fator principal” da obra, é interessante dar destaque a esse detalhe, pois muito da personalidade do Uryyah e dos acontecimentos e até mesmo da retratação dos outros personagens tem uma conexão com a religiosidade e é fantástico como o autor desenhou de forma que tudo se encaixasse perfeitamente bem.

Outras produções que você precisa conhecer são O Olhar do Falcão,  O Mistério de Qat-Maireon (em Abyssal: Terror das Profundezas) e A Casa no Fim do Riacho (em A Era dos Mitos). No site da Amazon você encontra tudo e muito mais desse autor incrível.

O Olhar do Falcão leva 5,0 estrelas bem iluminadas!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *