Mamãe está com câncer

0

Estamos todos expostos à mesma realidade. Muitos já vivenciaram ou tiveram contato direto com o câncer. Essa doença nos assombra, nos corrói, nos arranca quem amamos, mas, mesmo com toda essa dor, o primeiro passo para conviver melhor com o câncer é olhar ao seu redor e não sofrer em silêncio.

Situações de perda sempre nos colocam numa posição em que parece que as palavras não funcionam nem confortam. Em casos de doenças graves, como acontece com a personagem Mamãe de Mamãe Está com Câncer, a dificuldade é outra, pois, além do confronto com a realidade, existe também a incerteza de quão grave é essa doença. E há ainda a esperança, sempre presente, de que esse momento vai ser superado.

Para enfrentar a batalha do câncer de sua mãe, Brian Fies resolveu compartilhar todos os seus questionamentos e emoções em uma história em quadrinhos. Mamãe Está com Câncer surgiu, inicialmente, no formato digital, maneira que Fies encontrou para lidar com a situação aflitiva da mãe e toda a angústia da descoberta em família. O resultado alcançado pelo desenhista, no entanto, foi mais que um desabafo pessoal.

A partir de sua proposta corajosa de colocar no quadrinho as dúvidas, os sentimentos e a verdade de um momento tão difícil, Fies conseguiu criar um ambiente que abre espaço para a empatia. É a história da Mamãe, do narrador e de suas irmãs, mas, ao mesmo tempo, a história de todos que se preocupam com alguém que amam.

Pessoas e famílias inteiras precisam lidar com essa descoberta todos os dias, em todos os cantos do mundo. Ao tocar em um ponto universal, sobre um tema de interesse tão humano, o quadrinista entrega uma obra de emoções reais.

Com um desenho muito dinâmico e versátil, Brian Fies traz a dura realidade, o pesadelo imaginado, a ternura das lembranças e a leveza que a esperança suscita por meio de seu traço. Passeando por estilos, brincando com gêneros e produzindo acertadas metáforas visuais, o artista consegue envolver o leitor com um tema que assusta tanto.

Sobre o autor

Brian Fies é escritor e quadrinista. Sua primeira graphic novel, Mamãe Está com Câncer, venceu o prêmio Eisner de 2005 na categoria de Quadrinho Digital, o Lulu Blooker Prize de melhor quadrinho em 2007, bem como o prêmio Harvey de novo talento, no mesmo ano. Lançou Whatever Happened to the World of Tomorrow? em 2009 e foi indicado a várias categorias dos prêmios Eisner e Harvey, além de vencer o American Astronautical Society’s 2009 Eugene M. Emme, prêmio de melhor literatura austronáutica para Jovens Adultos. Em 2019, publicou Fire Story.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *