Resenha | Trilogia dos Espinhos

0

Ele estava preso nos espinhos venenosos. Tinha a reputação de ser violento e imprevisível. Era preciso muita coragem para lançar um livro desses. E foi assim que a DarkSide® Books apostou no escuro e lançou sua primeira fantasia dark: Prince of Thorns, livro de estreia da aclamada Trilogia dos Espinhos, de Mark Lawrence. Um sucesso que surpreendeu muita gente, e que se repetiria com os outros livros da série, King of Thorns e Emperor of Thorns.

A Trilogia narra as batalhas por vingança e poder de Jorg Ancrath. Cruel demais para ser chamado de herói, Jorg entra facilmente na lista dos grandes canalhas que aprendemos a amar na literatura fantástica, como Alex DeLarge (Laranja Mecânica) ou Tyrion Lannister (Game of Thrones).

Perfeito para quem já é íntimo de Jorg Ancrath, essa é a chance de ler tudo de uma vez só. Do jovem príncipe ao poderoso imperador. E para aqueles que ainda não conheciam a saga, a TRILOGIA DOS ESPINHOS – OMNIBUS é uma ótima porta de entrada para o universo em plena expansão de Mark Lawrence.

trilogia dos espinhos

Este é um livro para ser devorado! Literalmente e acompanhado com um belo vinho ou se não beber, vale um ótimo suco de uva.

A Darkside lançou uma edição única que corresponde aos livros Prince of Thorns (2013), King of Thorns (2014) e Emperor of Thorns (2014).

Esta edição especial, é fantástica. Com um ótimo acabamento, páginas douradas e uma capa gasta, é sem dúvida um dos melhores trabalhos da editora.

O livro não fica atrás. Com uma história envolvente, ele fica entre o estilo Fantasia e Distopia. Não vou dizer em que local a história se passa para não quebrar a surpresa do leitor, mas ela é totalmente surpreendente.

Prince of Thorns, primeiro livro da série, é mais uma apresentação deste universo, onde os mares subiram e vários países não existem mais. Já dá para se ter uma ideia do estilo de crítica que a história trás. Além desta apresentação da geografia local, temos a história do protagonista e sua jornada ela coroa. Neste novo mundo a magia é confundida com a antiga tecnologia, dando ao leitor em muito o que se pensar sobre o nosso passado e futuro.

O segundo livro, King of Thorns, é mais parado e voltado no passado do personagem. Pode parecer até chato, mas não. É uma parte da história necessária para se conhecer um pouco mais de Jorg. O autor faz esta pausa, até necessária, para que possamos mergulhar muito mais em seu universo. São partes que nos perguntamos no primeiro livro. E se a pergunta é, posso não ler e pular para o terceiro livro, a resposta é não! Pois além de seu passado, os acontecimentos de Prince of Thorns continuam.

E finalmente todas as partes que ficaram em dúvida, serão finalizadas no terceiro e último livro, Emperor of Thorns. Jorg tem um crescimento como pessoa. De um anti herói, se podemos o chamar desta maneira, a um homem que aprendeu a enxergar não apenas o mundo, mas as pessoas ao seu redor.

A Trilogia dos Espinhos está além de um livro para se ler e guardar em sua coleção. É um livro que traz discussões sobre física, meio ambiente, como vemos a nossa própria tecnologia como a nuclear, holografia e tantas outras.

Sem dúvida, uma aventura que não apenas serve para te entreter, mas também para ensinar.

Confesso que não é uma resenha fácil de se escrever, pois qualquer coisa que se coloque aqui irá retirar a surpresa do leitor.

O que posso afirmar, é que esta aventura é uma das melhores Fantasias Dark Distópicas escritas entre os livros atuais. Ótima para os fãs de RPG e que gostam de grandes buscas, sejam elas por aventureiros ou de si próprios.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *