Review: Devil May Cry 5

0

Sendo direto, DMC 5 é sem dúvida O MELHOR jogo da franquia. Ele é prazeroso de se jogar, com uma dinâmica incrível com todos os personagens.

Enredo

11 anos após seu último lançamento, DMC 5 vem para finalizar com chave de ouro a história dos filhos de Sparda. Dante se junta a Nero e ao misterioso V. Precisa de mais?

O game

Aqui DMC mostra o que é de verdade um game no estilo hack ‘n’ slash com muito Rock. O jogo desliza em sua mão, com combos fáceis de serem feitos, em meio a tiradas de um Nero menos sisudo e um Dante que é a mistura de todos os anteriores.

Devil May Cry, sendo franco, não traz nenhuma novidade, mas sua história e o desenvolvimento dos personagens, aliadas ao motor gráfico de Resident Evil 7, dão poder de fogo a este novo game.

O visual não é apenas empolgante nos personagens, mas também em cada detalhe do jogo. A Capcom não se limitou apenas em dar vida aos seus heróis ou as cenas finais de cada estágio. Os inimigos são bem feitos, as sombras e reflexos estão em cada parte. O estilo de aventura que apenas cresce e te traz um sorriso ao enfrentar os demônios, também estão ali, junto da trilha sonora de cada personagem que vai evoluindo e ganhando um ritmo cada vez mais frenético! Nada novo, apenas é Devil May Cry fazendo o seu melhor.

A gameplay está mais do que envolvente, já que além dos gamers poderem utilizar várias das armas já conhecidas dos jogos anteriores, eles ganham muitas novas agora, além da mão de Nero. E por falar em Nero, sua gameplay continua com aquela dificuldade interessante para realizar seus ataques. Já Dante, é o mesmo de sempre, ou seja, Nero é um pouco para jogadores que já conhecem bem o estilo de DMC e Dante para novos e já antigos. O personagem balanceado e mega poderoso.

Gameplay – Nero

V tem um estilo diferente dos já vistos na saga e em outros jogos hack ‘n’ slash. Ele possui três animais, sendo que dois andam com ele, que são o Sombra, uma pantera e o Griffon, um pássaro. Pode-se utilizar os dois durante as batalhas e V fica um pouco mais afastado para ser usado nas finalizações. O terceiro é Pesadelo, que fica pouco tempo nas batalhas.

Sua história é uma verdadeira jornada e mostra as dificuldades que cada um dos três, unidos aos outros personagens secundários como Lady, Trish e Lucia terão que enfrentar e mostrar porque Dante é o personagem mais poderoso dos games! Lembrando que outros personagens como da novel e do anime também estão presentes.

Gameplay – V

E falando em outras adaptações, a Capcom finalmente oficializou a timeline, fcando assim: Devil May Cry 3, DMC 1, Anime, DMC 2, DMC 4 e DMC 5.

Gameplay – Dante

Confira a playlist do jogo, lembrando que ela contém spoilers. A play começa realmente na terceira missão. Não é erro, já que as duas primeiras foram as liberadas na demo.

Informações extras:

A gameplay com o Nero é igual ao do DMC4, mas agora ele tem os “Devil Breakers” que são braços robóticos, cada um deles tem uma função diferente, mas podem quebrar ou você os descarta, podendo substituir por outros;

Gameplay do Dante é a mesma do DMC4, não mudou nada;

V em vez de ser um personagem que usa combate de espadas como Dante e Nero, ele invoca 3 demônios (Shadow, Griffon e Nightmare) para o combate, e ele só finaliza os inimigos quando eles ficam brancos e esses três demônios do V são inimigos no primeiro Devil.

O jogo possui dois personagens do anime, e algumas referências a novel que se passa antes do DMC3, mas tá explicado dentro do jogo sobre isso.

DMC 5 possui um jogo chamado “modo foto”, onde o gamer pode pausar o jogo em um momento, ir no modo de foto e posicionar a câmera pra tirar foto.

Armas – Nero utiliza as mesmas de DMC 4: Espada Red Queen, Pistola Blue Rose e os Devil Breakers. Dante usa as espadas Rebellion, Sparda e as soqueiras Balrog. No decorrer do game ele ganhará novas armas. Já V, apenas a bengala.

Gameplay: Projeto Electrosphere

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *