Conheça o novo filme do Batman: Dying is Easy

0

Olá queridos, vamos todos dar a mão e gritar juntinhxs para a próxima notícia que trago para vocês. Estão preparados?

Vai ter filme novo do Batman!!!!!!!

“Elo… não sei como dizer isso mas… a gente já sabia…” Será?! Eu não estou falando sobre o The Batman, que chegará em 2021, dirigido por Matt Reeves e lançado pela Warner Bros, o do Robert Pattinson e tals… não, não me entenda mal, estou animada para esse também, mas na verdade estou me referindo sobre uma produção que envolve nosso bilionário solitário-emo-gótico favorito de todos os tempos, que tem previsão ainda para esse ano e que é um lançamento totalmente independente.

Estou falando sobre o Batman: Dying is Easy, que está sendo produzido pelo Bat in the Sun, sabe?!?!?! Não?!?!?! Beleza, então eu vou contar para vocês!

Vamos retomar a pergunta inicial, de 0 a 10, pensa com calma, qual é o seu nível de nerd? Porque esses caras do Bat in the Sun devem estar ali na casa do 100. Esse grupo se caracteriza como uma galera de audiovisual independente que tornam os nossos sonhos, realidades. E o que seriam esses sonhos? LIVE-ACTIONS DE CROSSOVERS!

O grupo foi criado por dois caras, Aaron e Sean Schoenke. Eles possuem um canal bem conhecido no Youtube e de tempos em tempos, eles soltam alguns curtas-metragens com as seguintes temáticas: (eu não estou zoando ta, vou deixar o link para vocês conferirem) Batman vs Killmonger, Batman Beyond vs Spider-Man, Black Widow vs Black Canary  e por ai só vai…

Esses citados acima são todos produzidos por essa galera de forma independente e não visando lucro. Por esse motivo, eles passam raspando pelos advogados de todos os boss b*tch*s de Hollywood que babam só de ouvir as palavras “dinheiro” e “direitos autorais”

Crossovers, quem nunca? Todo nerd que é nerd já deve ter lido pelo menos um, se não é que já produziu o seu próprio e com certeza, já assistiu um crossover de respeito. Essa palavrinha mágica que faz os olhos de todos os geeks brilharem, se caracteriza como uma história com personagens de universos específicos se encontrando ou preferencialmente, tretando, com algum outro personagem de um outro universo completamente independente e diferente. Por exemplo uma luta entre o Batman (dispensa qualquer explicação) ((DC)) e o Killmonger, que para quem é ruim de nomes, é o vilão do Pantera Negra. (Marvel)

Para ser considerado crossover, não precisa necessariamente ser de estúdios diferentes. Os dois citados acima, produzem seus próprios encontros entre personagens que não costumam dar roles juntos. O exemplo mais claro que me vem a mente é o Super Choque e o Superman. Os dois são de universos diferentes, mas estão ali, em um ou dois episódios juntos. Na Marvel rolou o encontro entre Vingadores e Guardiões da Galáxia. Resumindo, esse movimento não é exclusividade nossa, fãs, malucos por tretas diversas e encontros inesperados, não. E que bom que isso não é exclusividade dos estúdios também, porque se não, esse Batman que eu estava falando lá em cima não ia rolar, não é mesmo?! O que me traz novamente para o nosso assunto principal.

Os meninos do Bat in the Sun estão produzindo um filme diferente do que eles estão acostumados. Dessa vez, o filme não será uma luta de “vs” como o tradicional dos caras, mas sim, uma trama de começo meio e fim, do Batman em uma história específica com o “ nosso malvado favorito” (sim, piada ruim) Coringa.

Como eles conseguiram arrecadar uma boa quantia em dinheiro, (não boa nível Hollywood, mas muito boa para um filme de fãs) as coisas parecem que vão transcender mais a mente da galera que é acostumada a acompanhar o que os caras fazem.

É legal ressaltar aqui que esse dinheiro foi todo doação, então não sei quem é mais espetacular nesse rolê todo, uma galera que faz um cinema completamente independente, doa a quem doer,  realizando o imaginário do impossível porque são estilos completamente separados e opositores, com personagens que costumam custar e gerar horrores para um indústria antiga, extremamente articulada e protecionista, ou a galera que assiste essas produções e que ainda reage a arrecadações assim: “Pô, doação para fazer um filme do Batman independente? Claro, porque não?!”

O filme aparentemente também será um curta, assim como as outras produções e contará com a participação de  Kevin Porter como Batman e Aaron Schoenke como Coringa.

Priorizando o que há de melhor no Batman em relação ao seu visual sombrio e durão, nós, fãs, fomos avisados para esperarmos um terror psicológico com uma mistura de história de detetive, uma coisa noir será? Vou confessar que eu estava vendo algumas fotos e foi o que me remeteu. Alguns outros vilões irão aparecer e a cada foto, tudo fica mais misterioso e interessante para mim. Me fez lembrar um pouco do Batman Begins com uma mistura de Joker, não sei, posso estar chutando meio alto e longe, mas agora é só esperar para ver.

Uma pesquisa profunda na internet me fez ver, que os meninos do Bat in the Sun, que prometeram o lançamento desse Batman para até o final do terrível e assustador 2020, não são os únicos fãs que vão longe pelo o que realmente querem. Outras pessoas já fizeram ou continuam fazendo crossovers na internet de maneira independente e inesperada, alguns por animações e uso de tecnologias de edição, outros na atuação, câmera e coragem mesmo. Todos merecendo o eterno respeito da comunidade geek, obviamente.

Aí aí… o que não fazemos por uma treta bem feita, não é mesmo?

Conta pra gente qual é sua favorita.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *